Add http://ummundomagico2.blogs.sapo.pt to your Kinja digest


[Do som mais sujíssimo que anda aí] 
>Three-Way 
>Magnetic Fields
 

Autoria
 
    Calvin
        Calvin
        bloggercalvin
        arrobaguêmeilepontocom

 
Contribuições
 
    Astronauta Spiff
        Astronauta Spiff
 
    Homem Estupendo
        Homem Estupendo
 
    Hobbes
        Hobbes

   

 

Pouca terra

 

 (21)



Pode parecer que entrei em férias mas não é verdade. Estive simplesmente a preparar as férias, o que deixa ainda menos tempo para o blog do que as próprias férias.

Mas agora que a mochila já está preparada e que os horários dos caminhos-de-ferro já estão estudados, agora sim: vou de férias para só voltar daqui a um mês, a 12 de Setembro. Ainda não sei bem por onde andarei, mas se tiver paciência (e farei por tê-la), hei-de passar por aqui de vez em quando para dizer onde estou e por onde já passei.

Para já, a única certeza é de que na 2ª feira chego a Paris com o amor da minha vida. Ainda não começaram e já são as melhores férias da minha vida.

Este blog segue dentro de momentos.

   

 

Iupi

 

 (10)



Se há coisa que me enerva, é ter a mesma opinião que o rebanho gosta. Não que isso em si tenha algum mal e que o rebanho não possa ter razão, mas não gosto de ser confundido com o rebanho que acha coisas só porque existe alguém que também acha essas coisas.

Se há coisa de que ainda gosto menos sem ser de rebanhos, é de seitas. E convenhamos, não há seita pior do que a dos ex-fumadores. Julgam-se sempre muito espertos, muito fortes e gostam de espezinhar os miseráveis que ainda não conseguiram deixar o vício. São uns chatos que não aguentam ver alguém a tirar prazer de uma coisa que faz mal. Ou melhor, são uns chatos invejosos que deixaram de fumar mas que se odeiam por isso e que se deitam todas as noites a pensar como seriam bom fumar só um.

Serve esta introdução para informar com extremo gáudio que após frustrada tentativa de deixar de fumar no passado dia 1 de Dezembro, encetei segunda tentativa a 24 de Julho com o livro que vêem na imagem acima.

Uma pessoa olha para a capa e pensa logo no barrete que lhe estão a tentar enfiar. Ao começar a ler o livro, a desconfiança aumenta à medida que se sucedem as referências ao Método Simples para deixar de fumar, assim a bold. Também não ajudam as promessas de que gritaremos com júbilo Iupi, sou um não-fumador! e o conselho, uma vez atingido o objectivo do livro, para que olhemos para os fumadores como as «criaturas patéticas» que são. Viram-se as páginas à espera de indicações para melhor espancar fumadores e fabricantes de cinzeiros.

E no entanto, sem esforço significativo, sem sofrimento, não fumo há 17 dias e não vejo recidiva à espreita. E o autor nem sequer diz nada de espantoso! Qualquer pessoa que perca alguns minutos a pensar na questão chega às mesmas conclusões que ele. Naturalmente, se assim é, é extremamente irritante perceber que foi preciso ler um livro chamado O método simples para deixar de fumar para deixar de fumar. E apesar do irritante que é, não tenho vontade de fumar! Porra, o livro é mesmo bom.

   

 

A contribuição ou a vida

 

 (12)



Alberto João Jardim diz que proibiu divulgação da lista de devedores ao Fisco na Região [...] O líder regional anunciou ter mandado executar na Região "todos aqueles que não pagam nem as dívidas à segurança social, nem as dívidas às finanças". (Público)

Mandando executar todos aqueles que não pagam? Finalmente que Alberto João Jardim decidiu passar a usar o método historicamente atribuído aos seus.

 

Escrita limpa

 

 (4)



Escrevia os assuntos delicados sempre à mão (com tinta azul).
Os factos eram escritos a seco e o papel era vincado.
Tudo o resto escrevia à máquina.

 

Da lealdade

 

 (4)



Não acredito nos cães.
Mas lá que hão, hão.

 

À pesca

 

 (4)



Clientes da CGD recebem email fraudulento com pedido de dados pessoais (Público)

Vamos lá esclarecer uma coisa. Um email fraudulento é uma coisa. O que os clientes da CGD (e não só, porque este vosso não cliente da CGD também recebeu) receberam foi uma palhaçada. Uma tradução do inglês para o português (brasileiro) feita no babelfish não é um email fraudulento. Isso seria insultar quem tem tanto trabalho a engendrar verdadeiras e engenhosas fraudes. O que se passou com a CGD é um ultraje para burlões com brio.

Para suportar o que digo, vejemos a alegada fraude.


Cliente respeitado!

Devido a situação que nós temos em nosso país em torno a Online-Banking, nós fazemos exame de medidas para rever todas as contas-online a fim de descobrir as contas de "um dia", utilizadas para "lavagem" do dinheiro roubado. Nós pedimos a todos os clientes encher o formulário da confirmação dos dados da conta.



Teria de facto muita graça que o nosso banco se nos dirigisse com um entusiasmado Cliente respeitado!. Só por aqui dá para ver que isto não é uma fraude séria. Só um palerma cairia na asneira de encher o formulário de confirmação. Mas o cortejo de asneiras continua.


Atenção! As contas que não passarão a revisão a 30.08.06, serão restritas à explanação a fim de seu abertura e uso. A revisão atual é requerida para os clientes particulares e para as empresas.

FICHA para os clientes particulares: {link falso}
FICHA para os clientes incorporados: {link falso}

Nós pedimos-lhe desculpas por aquelas medidas. Nós agradecemos para Sua compreensão e esperamos continuar a colaboração com Você.

Atentamente,
Banco, Caixa Geral de Depόsitos
Departamento de Segurança



Gosto particularmente da restrição à explanação a fim de seu abertura e da dicotomia particular/incorporado, mas a obscura chancela do Departamento de Segurança (Uaaaaauuu!) é o remate à altura deste rodapé. Finalmente, a última frase do mail, tão hilariante como as restantes e que desfaz as dúvidas que alguém ainda pudesse ter.


Esta letra emite automáticamente e não requer a resposta.


Espero que ninguém caia nesta burla. Mas se cair, é ou não é merecido?

This page is powered by Blogger. Isn't yours?